quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

EM ESPÍRITO E EM VERDADE

Todos nós, seres humanos, nascemos com a necessidade de ADORAR algo ou alguém. Alguns negam isso, mas nos momentos mais difíceis acabam cedendo e apelando para algum ídolo, ou até mesmo, à Deus. Nem que seja um "AI, MEU DEUS".


No Evangelho de João, Cap. 4, há um relato muito conhecido e pregado nas igrejas. Trata-se da história da Mulher Samaritana. Creio que todos conheçam esta história, não quero me ater em seus detalhes. Mas nos versículos 22 à 24, Jesus nos deixa um profundo ensinamento:

Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura 
a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que 
o adoram o adorem em espírito e em verdade. 
João 4:22-24
Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.
João 4:22-24

Seria tão mais fácil adorarmos a Deus, se pudéssemos vê-lo, não é? Não é pra menos que cerca de 70% do nosso país professa o catolicismo. Não estou dizendo que os católicos não adoram a Deus, pelo contrário. Mas na hora da dificuldade, apelam para santos, imagens, esculturas... Coisas palpáveis, visíveis. Infelizmente esta é a natureza humana. Mas Jesus nos deixou um chamamento: "Vem a hora, e AGORA É, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em ESPÍRITO e em VERDADE;". Não é na carne, no natural que vamos ao Senhor, e sim no ESPÍRITO. Este é o papel do verdadeiro adorador. Quando entendemos este princípio, até o nosso respirar torna-se uma adoração ao Pai. Todo o nosso ser, todas as nossas atitudes passam a ser formas de adorá-lo. Algo que falei em uma pregação, e torno a dizer, tem muita gente dentro da igreja tentando adorar a Deus na alma, onde encontram-se as emoções: Hora está feliz, hora está triste. Hora tem fé, hora não tem fé. Vive em uma gangorra emocional. Já tem outros que tentam adorar na Carne (inimiga número 1 do Espírito). Não Adianta. PARE! Adore ao Senhor em Espírito. Vença a Carne, não se deixe mover por emoções.



Mas não é só isso. Jesus disse ainda, que "Deus é Espírito e importa que os que o adoram, o adorem em espírito e em VERDADE.". Não é só em Espírito, mas é também em VERDADE. Não adianta tornarmos a nossa adoração em algo mecânico, decorado. Precisamos expressar Verdadeiramente TODO o Louvor, TODA a Honra e TODA a Glória àquele que é o único digno de receber... DEUS!!! Adoração Move o Coração do Senhor! Tenho aprendido e testemunhado isso. Muitas vezes chegamos diante dEle e apenas pedimos, pedimos e pedimos. Queremos senti-lo, tocá-lo, vê-lo, mas esquecemos de adorá-lo.

Qual tem sido a sua adoração? Reflita, Mude!
Adore ao Senhor com Intensidade, Em Espírito e em Verdade!



Rafael Santiago