quinta-feira, 12 de abril de 2012

Política, Cidadania e Reino de Deus

Parte 1/3
"O GOVERNO ABSOLUTO DE DEUS SOBRE NÓS"

Estamos em ano eleitoral, e o meu objetivo não é promover partidos ou candidatos. Quero mostrar à você que através da política podemos entender melhor o reino de Deus, e, principalmente, compreender o nosso papel 
neste reinado.


Vejamos a definição para política:
" 1.Conjunto dos fenômenos ou das práticas relativas ao Estado ou a uma sociedade. 2. Arte e ciência de bem governar; de cuidar dos 
negócios públicos... 4. Habilidade no trato das relações humanas. 
5. Modo acertado de conduzir uma negociação."

A fim de organizar melhor a sociedade, Deus estabeleceu a política. 
Sim, Ele estabeleceu. Infelizmente, o homem deturpou o real significado, 
e o real objetivo desta palavra, fazendo com que a mente humana assossie automaticamente a Política aos atos desonestos e corruptos praticados por grande parte dos 'políticos'.
 Atualmente, vemos que é mais do que necessário a presença de autoridades cristãs no congresso nacional, e graças a Deus pela vidas dos nossos representantes tementes a Deus. Mas é relativamente pouco diante dos demais. Poderíamos ter muito mais senadores, deputados e vereadores cristãos, se não estivéssemos com a mente cegada, achando que política e religião não
andam juntas. Outros ainda dizem que Política é do Diabo.


É triste que tenhamos este pensamento, afinal, o reino de Deus é organizado politicamente. Acima de tudo, Deus Pai está assentado com Poder e Glória. 
À sua destra, Deus Filho, Jesus. Deus Espírito Santo atua diretamente com 
o Pai e com o Filho, porém, sua função mais específia está relacionada ao ser humano. Ele é o consolador, auxiliador e amigo para todos os momentos.
E nós? Será que eu você também temos uma função neste reino? A resposta 
é Sim. Uma função 'simples', mas ao mesmo tempo tão difícil de ser cumprida. 
Se somos cidadãos do céus, precisamos permitir o governo de Deus sobre nós. Desde que o pecado entrou no mundo, o homem busca um "governo". Alguns se deixam governar pelo dinheiro, outros pela fama... E ainda existem aqueles que se deixam governar por vícios, maus hábitos, e espíritos contrários.

Muitas vezes entregamos o controle de nossas vidas à Ele, mas na primeira mudança que Deus decide fazer em nós, rapidamente tomamos o controle de Suas mãos, e seguimos a vida por nossa vontade. É como confiar o voto em um determinado candidato, mas quando este candidato vence as eleições e põe em prática os seus planos, começamos a reclamar e tomar posse da autoridade
que anteriormente nós mesmos concedemos àquele político.


Nesta primeira parte, meu desejo é mostrar à você, primeiramente, que Deus não é contra a política, pelo contrário. Seu reino é organizado politicamente. Segundamente, eu quero que você entenda o princípio da soberania de Deus. Ele é soberano, e Seu maior desejo é govenar sobre você. Não para lhe fazer sofrer, ou lhe enganar. Longe disso. O Senhor tem um plano maravilhoso 
para com você. Basta que você o aceite como rei absoluto em sua vida.

Deus Abençoe!

Por RAFAEL SANTIAGO